Jornada Mundial da Juventude: os transportes em Lisboa

Jornada Mundial da Juventude: os transportes em Lisboa

Like
563
0
Sexta-feira, 04 Agosto 2023
Destaques

Depois de uma controversa contagem decrescente, assim começa a semana da Jornada Mundial da Juventude, com uma agenda de eventos espalhados por Lisboa (e não só) — e a visita do Papa, de certa forma o cabeça de todo este cartaz: por estes dias, vai ser mais difícil andar pela cidade, segundo as indicações da própria Câmara Municipal, mas a boa notícia é que há um reforço dos transportes públicos, que podem facilitar, de certa forma, a circulação.

Peça central desta operação é o Metro de Lisboa — mais horários, mais carruagens, voluntários em toda a rede para ajudar, mas alguns condicionamentos: a 1, 3 e 4 de Agosto, a partir das 11h, encerra a estação do Marquês de Pombal — e podem encerrar as restantes estações mais perto do palco que está montado no cimo do Parque Eduardo VII: Picoas, Parque e Avenida. A 6 de Agosto, Domingo, o mesmo acontece com a estação de Moscavide, a partir do meio dia.

A CARRIS anunciou que aumenta a sua oferta e ajusta as carreiras à agenda de cada dia: mas há também suspensões e divisões para confirmar no site oficial.

Do outro lado do rio, também o Metro Sul do Tejo reforça os horários ao longo de toda a semana: por exemplo, durante a tarde e a noite desta semana pratica-se a frequência de transporte como se fosse hora de ponta em todas as linhas.

Quem atravessa o Tejo, tem também os barcos da Transtejo Soflusa, que vão praticar o horário de dias úteis no trajecto Cacilhas—Cais do Sodré. Já para quem faz Barreiro—Terreiro do Paço, conta com horário de dias úteis até Sexta Feira. Sábado e Domingo pratica-se o horário de Sábado com partidas extra em ambas as direcções.

E há quem venha e volte de comboio: a Fertagus vai reforçar a oferta com mais carruagens durante a semana, principalmente entre as 20h e a meia noite, para facilitar o regresso. Para além disso, no fim de semana, há mais horários no trajecto entre Roma-Areeiro e Coina.

E para quem vem de fora, a CP (que conseguiu negociar o fim da greve dos seus trabalhadores) tem ainda comboios especiais ao longo de toda a semana, no trajecto Porto—Lisboa de manhã e Lisboa—Porto ao fim do dia. Nota ainda para o fim de semana, porque há algumas estações encerradas em torno do recinto: Santa Iria da Azoia, Bobadela, Sacavém e Moscavide.