“Blonde” e Tom Hanks entre os nomeados aos Razzies

“Blonde” e Tom Hanks entre os nomeados aos Razzies

Like
100
0
Segunda-feira, 23 Janeiro 2023
Notícias

Apesar de deixar de fora da lista a protagonista Ana de Armas, que pode ser na terça-feira uma das finalistas ao Óscar de Melhor Atriz, “Blonde” é o filme mais nomeado para a 43ª edição dos Golden Raspberry Awards, os Razzies, os prémios que distinguem os piores no cinema. Além de “Blonde”, há três nomeações para Tom Hanks graças aos filmes “Pinóquio” e “Elvis”.

Um ano após ter dominado os “Óscares dos piores” com “Diana: O Musical”, a Netflix volta a partir na dianteira com o polémico ‘biopic’ do realizador Andrew Dominik sobre Marilyn Monroe, com oito nomeações: chamado “um biopic que não é um biopic” pelos seus responsáveis, a organização dos Razzies diz em comunicado que é um filme que “explora” a exploração de Marilyn Monroe… “continuando a explorá-la postumamente”.

Os Razzies destacam claramente Andrew Dominik, “cujo trabalho aqui diz mais sobre ele do que diz sobre o seu tema”, entre as nomeações para Pior Filme, Realização, Atores Secundários (Xavier Samuel e Evan Williams), Argumento, ‘Remake, exploração, sequela’ e ‘combinação’ (duas, para “ambas as personagens reais na falaciosa cena do quarto da Casa Branca” e “Andrew Dominik & os seus problemas com as mulheres”).

Com sete nomeações surge “Good Mourning”, realizado pelos ‘rappers’ Machine Gun Kelly e Mod Sun, descrito como “uma comédia sem piada sobre pedrados que alcançou a façanha rara de ter um perfeito zero no Rotten Tomatoes” [o ‘site’ agregador da avaliação dos críticos de cinema].

“Morbius”, que a organização diz ser “o filme mais ridículo do ano”, tem cinco nomeações, menos uma que a versão em imagem real de “Pinóquio”, de Robert Zemeckis com Tom Hanks, lançada no Disney+, considerada “totalmente desnecessária (e estranhamente assustadora)”.

Além da nomeação para Pior Ator por “Pinóquio”, os Razzies também destacam a presença para Pior Ator Secundário do “desempenho mais amplamente ridicularizado de 2022, a interpretação carregada de látex de Tom Hanks e com sotaque ridículo do coronel Tom Parker no, fora isso, aclamado ‘Elvis'”.

share

Comments are closed.