Elvis Costello pede a rádios para não passarem “Oliver’s Army”

Elvis Costello pede a rádios para não passarem “Oliver’s Army”

Like
199
0
Quarta-feira, 12 Janeiro 2022
Notícias

Além do artista britânico não querer voltar a tocar ao vivo um dos seus maiores êxitos, visto como polémico nos dias de hoje, também não quer que as rádios a incluam nas suas playlists.

Escrita sobre o conflito na Irlanda do Norte, a letra usa um “insulto racial” para descrever um soldado britânico, o que motivou ao longo dos anos uma longa polémica, com o verso em questão a ser censurado.

“Era assim que meu avô era chamado no exército britânico e historicamente é um fato”, afirmou em entrevista ao The Telegraph. “Mas as pessoas ouvem essa palavra e acusam-me de algo que eu não pretendia”, acrescentou.

Lançado em 1979, ‘Oliver’s Army’ foi tocado durante décadas nas estações de rádio, mas à medida que a palavra (“nigger”) se tornou cada vez mais “tabu”, muitos tomaram a decisão de censurar a letra.

Para Elvis Costello, essa forma de censura “só agrava o problema”, pelo que decidiu nunca mais interpretar o tema. “Estão a dar ênfase àquela palavra, censurando-a. Mais vale que não passem o disco”, explicou ao mesmo jornal.

share

Comments are closed.