“Deus tem AIDS” vence Queer Porto

“Deus tem AIDS” vence Queer Porto

Like
523
0
Segunda-feira, 18 Outubro 2021
Notícias

A criação dos brasileiros Fábio Leal e Gustavo Vinagre venceu na categoria de melhor filme na competição oficial da 7ª edição do Queer Porto – Festival Internacional de Cinema Queer.

O filme venceu, na mesma competição, o prémio do público, enquanto “Genderation”, da realizadora alemã Monika Treut, recebeu a menção especial.

Segundo o júri, “Deus tem AIDS” revela-se “uma renovada leitura do que é a vida de alguém portador” de sida… Quanto a “Genderation”, considera “uma representação rara e muito necessária” de pessoas transsexuais mais velhas.

Na competição “In My Shorts”, de curtas-metragens de escolas de cinema, “Mansa”, da portuguesa Mariana Bártolo, foi selecionada como melhor filme.

“O Teu Nome É”, de Paulo Patrício e “Tracing Utopia”, de Catarina de Sousa e Nick Tyson, venceram, respetivamente, nas categorias de melhor filme e menção especial do prémio Casa Comum.

share