Morreu Eduardo Lourenço

Morreu Eduardo Lourenço

Like
98
0
Quarta-feira, 02 Dezembro 2020
Notícias

Professor, filósofo, escritor, crítico literário, ensaísta, interventor cívico, várias vezes galardoado e distinguido, Eduardo Lourenço foi um dos pensadores mais proeminentes da cultura portuguesa. Morreu ontem (1 de dezembro) aos 97 anos.

Autor de mais de 40 títulos, possuiu desde sempre “um olhar inquietante sobre a realidade”, como destacaram os seus pares. “O Labirinto da Saudade”, “Fernando, Rei da Nossa Baviera” são algumas das suas principais obras.

Eduardo Lourenço recebeu o Prémio Camões (1996) e o Prémio Pessoa (2011). Apaixonado pela literatura, referia-se aos livros como “filhos” e dizia que “estar-se sem livros é já ter morrido”. Mas foi sobretudo sobre a poesia, mais do que a prosa, que incidiram os seus ensaios, de Luís de Camões a Miguel Torga, passando por Fernando Pessoa. O tema da Europa, e do lugar de Portugal na Europa, é recorrente na obra do autor.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decretou o dia de hoje de luto nacional.

share

Comments are closed.