A variedade venceu os Play

A variedade venceu os Play

Like
85
0
Quinta-feira, 30 Julho 2020
Notícias

Os Prémios da Música Portuguesa foram atribuídos ontem, numa cerimónia marcada por apelos de apoio à cultura e contra o racismo.

Lena d’Água, Capitão Fausto, Camané e Mário Laginha foram os mais distinguidos. Slow J foi eleito o Melhor Artista Masculino.

Nesta segunda edição, realizada no Coliseu de Lisboa, com lotação reduzida, distanciamento social e utilização de máscaras pelos convidados por causa da covid-19, o Prémio Carreira foi atribuído aos Xutos & Pontapés.

O fadista Camané e o pianista Mário Laginha, que conquistaram os prémios de Melhor Álbum e Melhor Álbum de Fado pelo registo “Aqui Está-se Sossegado”, atuaram na cerimónia, prestando homenagem a José Mário Branco, que morreu em novembro.

Já o músico Dino D’Santiago recordou o ator Bruno Candé Marques, que morreu baleado no sábado passado, e o músico Branko, que venceu o Play de Melhor Videoclipe com a canção “Hear From You”, pediu o fim do racismo.

share

Comments are closed.