35 Anos de Live Aid

35 Anos de Live Aid

6
112
0
Segunda-feira, 13 Julho 2020
Notícias

A 13 de julho de 1985, dois megaconcertos uniram mais de 60 artistas num evento solidário de contornos tão ambiciosos como inéditos. Não chegou para acabar com a fome na Etiópia, mas o mundo viu (e ouviu). E fez-se história na cultura pop-rock, com a efeméride a assinalar-se hoje.

Os dois megaconcertos com atuações sucessivas de estrelas globais, em dois estádios – Wembley, em Londres, e John F. Kennedy, na Filadélfia – marcaram um capítulo incontornável na aliança entre a música e causas humanitárias.

Visto por cerca de 2 mil milhões de espectadores, através de uma transmissão televisiva que se disseminou pelo mundo, em mais de 100 países (incluindo Portugal, através da RTP), o Live Aid angariou cerca de 83 milhões de euros destinados a combater a fome na Etiópia, país particularmente fragilizado pelo regime do ditador Mengistu Haile Mariam.

Queen, Rolling Stones, David Bowie, Tina Turner, Madonna, U2, Led Zeppelin, Bob Dylan ou Eric Clapton foram algumas das grandes estrelas da música que se reuniram no evento idealizado por Bob Geldof e Midge Ure.

share

Comments are closed.